NOTÍCIAS

HOME / NOTÍCIAS

02/10/2019 Artigo: Precisamos falar do Outubro Rosa

Por: Valderice Nóbrega - Diretora de Saúde

Gostaria de falar de flores e não de dores.Uso essa matéria para informar e alertar, advogadas e advogados do Rio Grande do Norte,  sobre o câncer de mama, que quando logo for identificado, aumenta imensamente a possibilidade de cura.

Hey, doutora! Câncer de mama é papo sério, se toca! Saúde é o seu maior bem.

Outubro Rosa é uma campanha mundial de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Precisamos  falar sobre câncer de mama?

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama, gerando células anormais que se multiplicam, formando um tumor, podendo ocorrer em mulheres e em homens.

A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos), porém há outros fatores, segundo informações do INCA, que aumentam o risco da doença são:

1.  Fatores ambientais e comportamentais (obesidade/sobrepeso após a menopausa, sedentarismo e inatividade física; consumo de bebida alcoólica , exposição frequente a radiações ionizantes ;

2.  Fatores da história reprodutiva e hormonal (primeira menstruação antes de 12 anos; não ter tido filhos; primeira gravidez após os 30 anos; menopausa após 55 anos; uso de contraceptivos hormonais e ter feito reposição hormonal pós menopausa, por mais de 5 anos);

3.  Fatores genéticos e hereditários (história familiar de câncer de ovário; casos de câncer de mama na família, principalmente antes dos 50 anos; consumo de bebida alcoólica; história familiar de câncer de mama em homens; alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2).

4.   Precisamos urgentemente prevenir e identificar o câncer de mama.

Como prevenir? 

Alguns casos podem ser evitados, desde que tenhamos hábitos saudáveis, como  a prática de atividade física, alimentação equilibrada e saudável, manter o peso corporal adequado,evitar o consumo de bebidasalcoólicas e o uso de hormônios sintéticos ; e amamentar .

É fácil identificar precocemente? 

O câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim a possibilidade de tratamentos menos agressivos e com taxas de sucesso satisfatórias. 

Todas as mulheres, independentemente da idade, devem ser estimuladas a conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.

E agora encontrei um nódulo ou diversos nódulos nas mamas?

A confirmação diagnóstica só é feita, porém, por meio da biópsia, quando o material passa a ser analisado pelo patologista para a definição do diagnóstico.

E caso confirme o diagnóstico, qual é o tratamento?

Alertamos, porém que quando a doença é diagnosticada no início, o tratamento tem maior potencial curativo. O tratamento do câncer de mama depende da fase em que a doença se encontra e do tipo do tumor. Pode incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica.

Para finalizar quero pedir que toque suas mamas no dia a dia, qualquer anormalidade procure um médico. Não deixe para depois, o que pode ser prevenido hoje! Declare seu amor por você mesma.

Participe da campanha cor de rosa.

Conte conosco, Diretoria da CAARN.

Saiba mais leia e compartilhe com sua família e amigas a cartilha Câncer de mama: é preciso falar disso.


Últimas notícias

Jogos de Verão - Premiação

Veja mais

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER